Sobre este blog

Ser mestre é ser um semeador; não qualquer um deles, entretanto, aquele semeador que não escolhe o solo em que vai lançar sua semente e que não se queixa ou questiona se o solo é seco, árido ou fértil, porque o essencial é semear...



6 de out. de 2020

 Atenção, alunos, matrículas abertas para o ano de 2021 na Escola Pe. Anchieta


Neste período de afastamento das atividades escolares, torna-se difícil a comunicação e informação, principalmente aquelas que têm prazo para serem executadas como no caso da matrícula que já se encontra aberta na escola a partir de hoje. Segue o edital publicado pela escola, leiam com atenção, peçam para seus pais lerem também para que não percam a data limite da matrícula.

Atenção!!!

Senhores Pais/ responsáveis

Estão abertas as inscrições para a rematrícula 2021, para alunos matriculados na rede Estadual de São Paulo.

Período de inscrição: 06-10-2020 a 16-10-2020.

Como fazer:  As inscrições deverão ser realizadas através do site:  https://sed.educacao.sp.gov.br/ ( SED – Secretaria Escolar Digital) ou pelo aplicativo minha Escola SP (Para baixar o aplicativo, você deve entrar no Google Play, se usar sistema android, ou, apple store se usar sistema iOS, apple. e busque MINHA ESCOLA SP.

Link para baixar em Google play:  https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.sp.educacao.minhaescola&hl=pt_BR).

Observações:

É De Extrema Importância A Atualização Cadastral (Endereço, Telefones E E-Mail) 

Os alunos da 3ª série do Ensino Médio, poderão optar pela realização da 4ª série do Ensino Médio, para o ano de 2021.

Qualquer dificuldade para realização da rematrícula entrar em contato pelos canais de comunicação:               telefone: 11- 2693-2120,

 e-mail: escolapadreanchietabras@gmail.com ou através do  atendimento presencial na secretaria da EE Padre Anchieta, de segunda a sexta, das 10h30 às 16 horas.

Espero ter contribuído com essa informação tão importante para vocês!


2 de out. de 2020

 Estas postagem vai para os 9ºs anos da disciplina inglês:

Apoio às atividades do plano de ensino 4 do terceiro bimestre:


Vocês devem ter verificado que o estudo de língua inglesa através do Currículo Paulista e BNCC (Base Nacional Comum Curricular) têm direcionado os temas para a área científica: Energia, consumo, transformação de energia, seus tipos e experiências científicas, tanto para o Ensino Fundamental quanto para o Ensino Médio. 

O objetivo aqui é ajudá-los  para que entendam o que está sendo pedido e respondam de forma clara, objetiva usando um vocabulário simples. Lendo as habilidades a serem desenvolvidas com a atividade, já dá para verificar essa questão de intencionalidade em aprender assuntos científicos em inglês.

O primeiro exercício mostra um texto verbal (de palavras escritas) sobre a existência da energia, sua descoberta e sua permanência, uma vez que não pode ser destruída, a não ser que o planeta se extíngua. A seguir, um exercício de Verdadeiro ou Falso (True or False) é solicitado como forma de verificar se vocês entenderam o texto em inglês.

 De qualquer modo, é necessário entender, traduzir o texto usando o recurso das cognatas, palavras já conhecidas e por último é recomendado o uso do dicionário, disponibilizado em um link na página da atividade, ou o próprio dicionário impresso. Esse requisito é básico para possibilitar a resposta às perguntas .

Em seguida, há a segunda parte do texto que fala sobre transferência de energia, pois como já aprenderam, a água do rios para produzir energia deverá com sua força mover turbinas, geradores e transformadores até chegar à eletricidade. Nos primeiros exercícios propostos a seguir do texto, há imagens (linguagem não verbal) que mostram determinado tipo de energia e vocês terão que descobrir qual delas está relacionada à energia citada na segunda parte do texto, assinalando com um x dentro dos parênteses da alternativa correta ( o primeiro de acordo com o texto 2) e que será apenas uma correta.

Nos próximos exercícios faça o mesmo: de acordo com as frases citadas que descrevem um tipo de energia, selecione apenas uma alternativa  nas imagens oferecidas.

A segunda e última proposta é a leitura de um texto verbal sobre uma experiência da área científica. Leia, traduza e entenda este experimento para transformá-lo em desenhos passo a passo descrevendo as etapas da experiência realizada (mudando de linguagem verbal para não verbal). 

Espero ter colaborado, qualquer dúvida, entrem por esse canal clicando em: nenhum comentário (no final do texto)  e digitando, com possibilidade de escrever também  no chat do Google Sala de aula, e-mail institucional, etc. Bons estudos!





 Às 1ªs séries do Ensino Médio, apoio às atividades do plano de ensino 4 do terceiro bimestre:

Vocês devem ter verificado que o estudo de língua inglesa através do Currículo Paulista que está sendo reformulado pelo atual Governo do Estado e BNCC (Base Nacional Comum Curricular) têm direcionado os temas para a área científica: Energia, consumo, transformação de energia, seus tipos e experiências científicas. 

O objetivo aqui é ajudá-los no sentido de compreensão deste textos, a forma correta de responder as propostas em inglês, usando uma linguagem simples, mas clara e com correção no uso de verbos, conectores e vocabulário específico que possibilite o entendimento e estabeleça a comunicação, objetivo da aprendizagem de qualquer língua.Lendo as habilidades a serem desenvolvidas com a atividade, já dá para verificar essa questão de intencionalidade em aprender assuntos científicos em inglês.

O primeiro exercício mostra antes, uma tabela que deve ser lida e interpretada com atenção, uma vez que mostra 2 colunas: a primeira Tipos e coisas relacionadas à energia e a segunda traz a definição de cada item. De qualquer modo, é necessário entender, traduzir todos os elementos desta tabela, em último caso é recomendado o uso do dicionário, disponibilizado em um link na página da atividade, ou o próprio dicionário impresso. Esse requisito é básico para possibilitar a resposta às perguntas que seguem.

No primeiro questionamento, há imagens (linguagem não verbal) que indicam um tipo de energia sendo trabalhado, seguido das alternativas a serem selecionadas de acordo com os itens da tabela, concluindo-se que haverá duas ou mais alternativas corretas.

A segunda proposta é a leitura de um texto verbal sobre o uso de LEDS (Led Bulbs). As vantagens desse tipo de lâmpada.

Nessa atividade vocês terão várias modalidades de exercício: 

-múltipla escolha ( a respeito do título e outros elementos referentes ao texto)

-Matching columns (relação entre colunas, onde deverão colocar nos parênteses o número correspondente, quando houver relação entre uma palavra da coluna da esquerda com a da direita) sobre lâmpadas LEd e sobre significado de preposições.

Espero ter colaborado, qualquer dúvida, entrem por esse canal clicando em: nenhum comentário (no final do texto)  e digitando, om possibilidade de escrever também  no chat do Google Sala de aula, e-mail institucional, etc. Bons estudos!


1 de out. de 2020

 Aos alunos das 1ªs séries de Português da escola Anchieta:



https://icfcaderno.files.wordpress.com/2016/06/5a-quijoteilusion-2.jpg


Falemos um pouco sobre a última atividade postada no Google Sala de aula. Com a leitura da obra literária Cinco minutos, do autor José de Alencar, vocês tomaram contato com o gênero ópera, um tipo de arte nascida na Itália, no século XVII numa junção da poesia com a música. 

No livro lido, há citação da ópera La Traviata. Como explicado em aulas através do Meet, uma ópera compreende  o autor da música, que neste caso foi Giuseppe Verdi e do Libreto que é a parte escrita em linguagem-verbal oral que na ópera La Traviata é Francesco Maria Piave surgida no ano de 1853 (século XIX).

Nas atividades que devem realizar, vocês deverão estabelecer um paralelo entre diversos gêneros e linguagens, pois vão analisar uma outra obra clássica famosa, D. Quixote, do autor Miguel de Cervantes (1547-1616). Obra-prima da literatura, final do Renascentismo e o início da estética barroca,  D. Quixote, romance iniciado em 1580 e terminado em 1605, contava com 126 capítulos e foi uma crítica implícita à Igreja com os cavaleiros que invadiam terras, como as cruzadas, criando um anti-herói cujas características físicas não condiziam com o poder dos verdadeiros cavaleiros coroados nas novelas de cavalaria. Deverão ainda compará-la à ópera do mesmo nome, da criação musical de Massenet e libreto de Henri Caïn e à pintura moderna do pintor Octavio Campo no quadro ilustrado acima Visões de D. Quixote. Será um exercício que demanda ativação de várias habilidades como a percepção,  espírito crítico e consciência estética que estarão em jogo.

Acredito no espírito de análise que vocês vêm desenvolvendo durante a sua trajetória nos estudos, Espero que esse texto contribua de alguma forma para esclarecer sobre a obra D. Quixote, alvo da última atividade. 

Cliquem no link abaixo para ouvir trecho da ópera D. Quixote e a letra da ária: Sonho impossível.

https://www.youtube.com/watch?v=B795iP46AXg


E a versão atual com o cantor ElvisPresley


https://www.youtube.com/watch?v=-Mfd4E7kpvc




 |

superabril.com.br 

_ebiografia.com

 Boa-noite, posto aqui material de apoio às últimas publicações no Google Sala de aula do mês de outubro

Dirigido dos alunos da disciplina Português



imagem disponível em: google images


Todas as palavras têm uma estrutura básica, também conhecida por radical ou raiz. Essa parte é imutável e mesmo que acrescentemos terminações para formar uma nova palavra essa parte permanece inalterável. Ex: cama - esta parte da palavra destacada em azul é o radical ou a raiz da palavra. Se formar outra palavra como acamado, a raiz permanece a mesma. 

Ex: casa - com essa raiz posso fazer: casinha, casebre, descasar,casamento, etc. sempre tendo a mesma raiz cas

A parte da palavra que muda se chama terminação. Quando formo a palavra casinha troquei o segundo a de casa, isso significa que a segunda letra a da palavra não faz parte da raiz e sim da terminação, porque muda.

Além da raiz, uma palavra pode conter em sua estrutura os afixos pequenos elementos que posso juntar a uma raiz para formar nova palavra cognata. 

Os afixos podem ser acrescentados no início da palavra e chamam-se prefixos como no exemplo: infeliz. 

Se afixo é acrescentado no final da raiz da palavra chama-se sufixo. Ex: felizmente. 

Posso ainda acrescentar ao mesmo tempo o prefixo e o sufixo a uma raiz de palavra como esquentar por exemplo, em que se acrescenta ao mesmo tempo um prefixo e um sufixo à raiz quent. Quando derivamos esta palavra sabemos que ela só existirá se o prefixo e o sufixo forem acrescentados juntos, de maneira simultânea.

As atividades postadas, pedem para que verifiquem a criação de palavras antônimas (de sentido contrário) através do acréscimo de um prefixo. Ex: Se eu tenho a palavra feliz significando alegre, se acrescentar o prefixo in, terei a palavra antônima (de sentido contrário) infeliz (que não é alegre). Assim, muitos prefixos formam palavras derivadas de uma raiz já existente formando palavras antônimas como se verifica nos pares:  mentir - desmentir, moral - imoral;  Cristo - anticristo, etc.

Exemplos de prefixos: pré, pró, des, di, in, a, etc.

Exemplos de sufixos (acréscimos no final) mente, ão, inho, ebre, ulho, ujo, agem, al, ar, ecer, etc.

Adquiram portanto, o hábito de decomporem as palavras para encontrarem suas raízes (parte imutável) e os prefixos e sufixos (afixos) formadores de novas palavras.

______________________________________________________________________________


Falemos agora de um gênero de texto chamado Soneto


Quando falo em soneto (pequeno som, diminutivo de som) estou falando em um tipo de poesia. A principal diferença entre poesia e soneto é que: 

O soneto tem uma forma fixa (que não muda) constituído por duas estrofes de 4 versos e duas de 3 versos completando 14 versos. Lembrando que verso é cada linha de uma poesia e estrofe é um conjunto de versos. Exemplo de soneto, do autor Luís de Camões, importante poeta do período clássico da literatura portuguesa do século XVI. Verifique o número de versos:



Amor é fogo que arde sem se ver; 1
É ferida que dói, e não se sente;2
É um contentamento descontente;3
É dor que desatina sem doer.4

É um não querer mais que bem querer;5
É um andar solitário entre a gente;6
É nunca contentar-se de contente;7
É um cuidar que se ganha em se perder.8

É querer estar preso por vontade; 9
É servir a quem vence, o vencedor; 10
É ter com quem nos mata, lealdade. 11

Mas como causar pode seu favor 12
Nos corações humanos amizade, 13
Se tão contrário a si é o mesmo Amor? 14


31 de ago. de 2020

 Be wellcome, students of English 1st  and 9th grade: 

Sejam bem-vindos, alunos de Inglês 1ªs séries e 9ºs anos:


Ilustración de Elementos De Back To School Design Colorido Vector Doodle  Dibujo Animado Conjunto y más Vectores Libres de Derechos de Acontecimiento  - iStock

image available in pinterest.com

Sosseguem que não vou falar só em inglês! Apenas a frase de boas-vindas! 

Incluí neste assunto  as duas séries: 1ªs do Ensino Médio e 9ºs anos do Ensino Fundamental, anos finais. O motivo para isto é que a próxima atividade a ser postada fará uma revisão, um reforço e recuperação dos conteúdos do 1º semestre. 

O objetivo desta postagem é esclarecer como responder as atividades, compreender os enunciados que aparecem em inglês, responder perguntas em inglês. Por isso, quando iniciarem uma atividade ou teste será obrigatório entender o que está sendo pedido no enunciado, fazer tradução, usar o dicionário e em último caso, se não entender perguntar ao professor no chat do Google Sala de aula ou qualquer outro recurso que posto mais abaixo. 

Aqueles que não têm acesso à internet, quando pegarem a atividade impressa e não compreenderem, devem entrar em contato com a escola, solicitar um meio de conversar com o professor; deve haver esse interesse para que haja aprendizagem. Deste ponto em diante, cada série, por favor, leia apenas o da sua sala: 

1ªs séries - Ensino Médio: 

Assunto abordados até o momento: interpretação de texto do gênero página de internet - orientação sobre um concurso para combater o bullying.

Vocês já fizeram atividades sobre isso. Deve ficar claro que o texto Superhero Comic Contest tem o objetivo de expor um concurso que a Unicef lançou para trabalhar o tema bullying, que acontece muito na vida das pessoas.  O público-alvo eram alunos e de modo geral, adolescentes, estudantes. Foi apresentada a vencedora do concurso, a menina da Indonésia, Riska. E foi lançado um concurso de desenhos de super heróis em que poucas pessoas participaram. O que deve ficar claro nesse sentido é que aquilo que conhecemos como super herói não corresponde aos verdadeiros heróis que salvam vidas, ajudam as pessoas de alguma forma na vida real. Vocês serão indagados sobre as características de  um super herói e de um super herói humano. Da mesma forma, quais os valores que envolvem uma campanha como esta da  UNICEF serão solicitados. Ainda nesse tema, o filme Patch Adams, com o ator Robin Williams, deve ser pesquisado para que se estabeleça uma relação entre o filme e qual a relação do personagem e a campanha da UNICEF.

No segundo tema serão abordados: E-waste (lixo eletrônico) e Orbital Debris (Lixo Orbital) ou Space Junk (lixo espacial). Esses assuntos são importantíssimos, da área científica, dizem respeito a toda a humanidade, uma vez que prejudicam a vida da Terra.

Uma das atividades é um diagrama. Um tipo de gráfico em um quadro que está representado num segundo quadro que contém a tradução de uma frase sobre o tema. Para responder, é só seguir o mesmo movimento das linhas do primeiro quadro no segundo, e encontrarão a frase em português. 

Há questionamentos sobre tipos de E-waste (lixo eletrônico) e seu descarte irregular na natureza; elementos tóxicos que compõem um celular. Ainda será solicitada uma reflexão e entendimento das palavras em inglês que indicam e diferenciam o que é E-waste (lixo eletrônico) e Orbital Debris (Lixo orbital). Entre essas atividades há aquelas de se colocar nos parênteses (in the brackets) T para true(verdadeiro) e F para falso (false). 

Para terminar, haverá um questionamento sobre recursos energéticos (energy sources) de variados tipos, com ilustrações, em que vocês devem identificar esses tipos de energia usados no mundo em que vivemos e quais os elementos que cada um deles usa, por exemplo: uma torradeira utiliza a eletricidade para que possa funcionar. Portanto, tenham bastante atenção ao realizar a próxima atividade que será postada na próxima semana.

9ºs anos

O primeiro tema a ser abordado na postagem da próxima semana, fala sobre os fontes de energia (Energy sources), que vem sendo trabalhado com insistência e aprofundamento. Trata-se de assunto importante da área de geografia (ocupação do espaço físico da Terra) e sáude do homem e do meio ambiente. 

Na atividade, vocês devem saber qual o gênero do texto. Não se esqueçam de que há uma postagem mais abaixo sobre textos não verbais e verbais. Pesquisem lá antes de responder a primeira atividade. 

Importante também reconhecer um recurso energético renovável e não renovável (renewable / non-renewable) para reconhecer o que está acontecendo no mundo que nos rodeia de positivo e de negativo.

Tenho algo a afirmar sobre o exercício de (Matching Columns ) (Fazer correspondência entre duas colunas), relacionando uma palavra de uma coluna a outra palavra da outra coluna. Para isto, é preciso traduzir e entender todas as palavras para que se descubra as relações entre essas palavras. Verifiquem que em uma coluna as palavras vêm precedidas de letras ou números. Esses números ou letras devem ser colocados dentro dos parênteses vazios da outra coluna, porém lembrando que deve haver relação entre essas duas palavras. EX:

a) maçã                    doce ( b )

b) pé de moleque       fruta ( a  )

Verifiquem a relação que existe entre a palavra maçã e fruta/ pé de moleque e doce.

Em outra atividade, há uma relação de vários tipos de energia usados e abaixo imagens com espaços para escreverem em inglês, tirando desta relação de palavras, os tipos de energia que cada objeto dos desenhos usa para poder funcionar. ex: Um barbeador usa eletricidade. 

As últimas atividades, dizem respeito à língua inglesa, língua franca; identificação de elementos que entram na composição de uma tabela (table em inglês); diferenças de vocabulário de algumas palavras em inglês britânico e americano) e uso dos números ordinais ( digite aí na barra Pesquisar este blog: numbers) e vocês terão explicação de todos os numerais e como usá-los.

Sigam sempre a orientação desse blog e de outros sites da internet sobre esse assunto antes de responderem suas atividades, lembrem-se que sua modalidade de ensino agora é assim, à distância, e sem pesquisa não chegaremos a lugar algum. 

Lembrando que as dúvidas devem ser postadas aqui no blog, no chat do Google Sala de aula e através do telefone da escola para aqueles que não têm acesso à internet.

Espero ter sido clara nas explicações. 



imagens volta as aulas - Pesquisa Google | Doodles, Desenho escola, Ideias  do doodle

imagem disponível em: pinterest.com

 

Retorno às aulas


Obedecendo a  sequência de uma série de assuntos teóricos que darão apoio às atividades de reforço e recuperação, dou-lhes boas- vindas aqui nesse espaço, postando novo material que poderá ajudá-los tanto na correção de textos,  ao digitarem na barra pesquisar (sistema de correção de redação) como nas matérias que ajudam a compreender suas dificuldades ao escrever. 

Abaixo, segue uma orientação quanto ao uso de letras maiúsculas e/ou minúsculas ao escrever um texto. Isso é muito importante para o desenvolvimento da norma culta da linguagem que vocês estão aprendendo na escola.


A disciplina Português tem como um dos objetivos principais ensinar a leitura e a escrita de textos de variados gêneros, entretanto não basta ensinar técnicas de redação sem corrigir os desvios que ocorrem nesse processo. Sabemos que lidamos com textos e estes vêm formados por frases, orações. 

A pontuação é de suma importância para dar clareza,  estética  e entendimento ao texto. São vários os sinais de pontuação, mas aqui trataremos de ponto final nesta oportunidade, devido à grande quantidade de deslizes no sentido de grafia das letras maiúsculas e minúsculas. Vejamos quando usá-las:

1 Quando encerramos uma frase, um pensamento, uma oração, o ponto final é obrigatório e o início da frase seguinte deve sempre ser escrita com letra maiúscula (na escola primária, as professoras batalham muito neste sentido, eu acredito).

                            frase 1                            frase 2

Ex: Amanhece mais  um dia. Estou novamente aqui em frente ao 

fim do período

computador.

Verifique que devemos usar o ponto final também no final do período.

2 Quando escrevemos nomes próprios, a gramática normativa da língua nos ensina que devemos grafá-los com letra maiúscula: nomes de pessoas, de feriados, de filmes, de livros, de órgãos públicos, de ruas, etc. 

Os nomes que se destacam de um conjunto (em particular) são os nomes próprios ou de registro, uma vez que todos eles são registrados em algum documento.

Ex: O Cristo Redentor é um ponto turístico importante no Rio de Janeiro.

Verifica-se no exemplo acima que a primeira palavra grifada destaca-se de um conjunto que seria monumentos para receber um nome em particular, nome esse registrado em documentos da cidade. Da mesma forma, a segunda palavra grifada destaca-se do conjunto cidade para dar nome em particular a uma delas, e por essa razão é substantivo próprio, deve ser escrito com letra maiúscula. 

3- Outro caso em que se deve usar a letra maiúscula é quando vai se  iniciar uma pergunta ou uma resposta. Ex:

-A Júlia veio aqui ontem?

-Esteve de manhã, mas logo foi embora.

4 Em perguntas  e respostas de questões em testes:

Ex: Escreva qual o gênero do texto.

R: Crônica.


5 Depois de reticências, se a primeira frase for  verbal (oração) e a ideia estiver concluída é obrigatório o uso de letra maiúscula.

Ex: Faz tempo que ele se foi... Já nem me lembro mais quando...

Perceba no exemplo que temos duas orações: frases com verbos, deste modo temos que usar letra maiúscula na 2ª oração.

Porém, se a primeira oração não tiver verbo, for apenas uma frase de situação ou uma interjeição e não estiver concluída,  não usamos a letra maiúscula no início da segunda frase. Ex:

Ah!...esperei tanto!

Parabéns... eu te desejo muita sorte!

5 Depois de ponto de interrogação (?) ou de exclamação (!)  a regra é a mesma das reticências. Ex:

Ele não virá? Quem te disse? primeira frase verbal, sentido completo (oração) - letra maiúscula no início da 2ª frase.

Nossa, mãe! que dia chato! primeira frase - não verbal, sentido incompleto (letra minúscula na segunda frase). 

Quando? amanhã? primeira frase -não verbal incompleta de sentido (letra minúscula).

Após a fala de personagem do texto que vier seguida de exclamação ou de interrogação, devemos usar apenas letra minúscula embora alguns autores escrevam com letra maiúscula.

Ex: Que dia! exclamou Pedro.

7 Da mesma forma que nas reticências, se a frase anterior estiver completa, e iniciar-se outra ideia, usa-se letra maiúscula, se for incompleta, usa-se a minúscula.

-Não vás!Volta meu filho! (primeira frase verbal, completa de significado, segunda frase com letra maiúscula).


Espero ter contribuído com essa dúvida. Deixo claro que se deve sempre ao escrever textos, fazer um rascunho e depois com muita atenção, sem pressa, verificar esses detalhes, corrigindo-os. Seguem mais matérias abaixo para que estudem e corrijam seus textos, não cometendo mais esses desvios. 

Nas próximas postagens, outros assuntos referentes a erros em textos serão postados. Por hora, vamos nos deter apenas nestes. 

pontuação aula slides